Tuesday, March 10, 2009

O Porquê do amor..


Porquê?
Porque é que tudo tem de ser assim
Porque tens de estar afastada de mim
Porque é que a vida nos confere tristeza
Porque é que temos de viver diariamente com dureza
Porque é que este poema estou a compor
Será pelo facto de em mim vigorar uma dor?
Uma dor difícil de ultrapassar
Algo difícil de explicar, algo pouco trivial
Algo marginal, profundo, sentimental
Luto, persisto, e cansado ainda insisto
Para ser detentor de algo, guiado vou pelo instinto
Tento conquistar o amor, ando em buscar de alguém
Que me transfigure e me leve mais além
Alguém especial e por quem sinto o meu coração pulsar
Alguém quero, alguém desejo, alguém tento amar
Alguém que a mim realizado me possa colocar
A missão é difícil, dura, árdua
Mas a esperança é sincera, simples, pura
E por ela vou esperar
Para no mundo do amor governar
Ao lado de quem um dia na minha vida quis entrar, seduzir, enfeitiçar…
João Paulo S. Félix

4 comments:

Lídia said...

Porquê?

Porque, depois de duras batalhas, as vitórias têm outro sabor... porque ninguém conheceria o verdadeiro sabor da alegria se não tivesse já vivido a tristeza... porque saber viver é uma arte e nós temos de ir aperfeiçoando a nossa técnica, a criatividade, a maneira de lidar com a vida...
E, seguramente, irá aparecer alguém por quem te deixarás enfeitiçar e com quem irás partilhar a tal arte de viver.
Parabéns,João Paulo! O teu poema está muito bonito, mas estou à espera de um que traduza a tua alegria e confiança no percurso desta vida.
Um abraço.
Lídia Valadares

Cristina Bernardes said...

J.P. cada vez que venho aqui fico sem palavras... O amor é lindo!

Kris said...

"O Amor é a Essência da Vida", talvez por isso ele seja tão difícil de encontrar ou de ser correspondido, mas vale bem a pena a procura, a espera, a ânsia.

Anonymous said...

tu mais do que ninguém sabe que a vida não é facil temos muitas vezes que seguir por caminhos que muitas vezes nem os sonhamos mas o que devemos sempre manter é a nossaforça de vontade força joão e continua bjo