Tuesday, January 20, 2009

A magia de um livro...


Um livro ao vento

Deixei um livro ao vento
Para poder ir a um evento
E ao regressar da convenção
Tive uma agradável recepção
Encontrei o meu livro a transfigurar-se
Vi cada letra do seu feito vangloriar-se
Vi as palavras numa tremenda agitação
Estavam no jardim a fazer uma celebração
A celebração de um feito
Conferindo à minha vida um novo efeito
Um efeito de alegria sem par
Por ver as missivas do livro a celebrar
A festa da leitura, a festa da palavra
Que a minha solidão desagrava
Por tê-las à minha beira
Porque vivê-las é a melhor maneira
De me sentir feliz, contente
Neste mundo cinzento e carente…
João Paulo S. Félix

2 comments:

Cristina Bernardes said...

óptimo poema para pores na Floresta, não achas???

Jo said...

Um bom livro tem uma magia infinita **)


Adoro a imagem *,D