Sunday, January 11, 2009

Estejamos sempre de mãos dadas com a vida...


De mão dada com a vida…

Um dia, num passeio deambulante
Num daqueles dias esgotantes,
Dei por mim numa rota trivial
Algo que em mim é normal;
Rumo esse que me levou ao pensamento
Pensamento ,que durou por um momento
Que me fez parar, pensar
Olhar em redor e suspirar
Ao ver as crianças felizes e contentes
Os idosos, amáveis e do passado carentes
Até que algo me surgiu em plena avenida
De que e vida é para ser vivida
De uma forma ofegante e intensa
Sendo ela nossa pertença
E dádiva constante
Tornando-nos dela amante
E observando as minhas mãos vulgares
Dei pela vida que existia na minha mão
E assim fiquei, de mão dada com a vida…


João Paulo S. Félix

1 comment:

Jo said...

Desejo que estejas sempre de mão dada com a vida *,)

Como tu dizes, ela é para ser vivida de forma ofegante e intensa *,)