Friday, May 12, 2017

Porquê minha Mãe?


Porquê minha Mãe?
Hoje sou levado a ousar
Ousar chegar-me perante Ti para te perguntar…
Porquê minha Mãe?
O que esta caminhada tem
O que tens que leva a esta jornada
Por toda e qualquer estrada…
O que tens que faz sair do lar
Para rumar a Fátima para te encontrar…
Para contigo estar
Que tens Tu que leva a ousar…
Enfrentar as dolorosas dores do corpo
O caminho mais sinuoso e custoso…
Minha Mãe… Que efeito tu causas
Para seres o conforto dos teus filhos nas suas pausas…
Nas suas pausas e nas suas dolorosas oportunidades do dia
Que tens Tu: Minha Mãe… Que aquece na noite fria?...
Que tens ò Mãe! Que leva a peregrinar
Para perto de ti orar…
Mãe: Minha Mãe na Senhora de Fátima
Minha proteção e conhecedora da minha condição íntima…
Do que sinto, do que choro, do que sofro, do que sorrio
De todas as palavras que não vocifro…
Minha Mãe… Minha Mãe de luz
Que tens tu que nos seduz?...
No teu amor, no teu carinho, no teu amparo
Em cada momento em que caio ou em que paro…
Minha doce Mãe… Que efeito tu provocas
E a todos nos envolves e convocas…
A estar contigo na Cova da Iria
Seja de noite ou durante cada hora do dia…
Minha Mãe e conselheira
Minha amiga e companheira…
Mãe que multidões arrastas
E as serenas das suas cargas nefastas…
Mãe candura sem igual
Doce e querida Mãe: que és a Rainha  de Portugal…
Que és a Padroeira deste território mundial…

João Paulo S. Félix 

No comments: