Tuesday, July 14, 2009

Caminho pelos caminhos do amor...


O caminho para a felicidade…
É na escuridão, no meio do ambiente soturno que vejo uma luz
Uma luz bela, incandescente que me leva e me seduz
Que me seduz para um ambiente de êxtase e emoção
Um lugar dominado pelo amor e pela paixão
Essa luz, abre-me portas para uma porta
Porta de encanto, uma porta que a emoção suporta
Porta que é por mim aberta e onde descubro quem quero amar
Amar, louvar, idolatrar e preservar
Alguém que mexe comigo, alguém que faz a minha vida acelerar
Nesse espaço estamos sós, mudos, serenos, expectantes
Para podermos viver momentos alucinantes
Pautados por gestos de mútuo carinho e afecto
Num lugar de amor e romance perfeito
Coberto por flores, iluminado pelo fascínio do querer
Do querer alguém, do querer mais além…
João Paulo S. Félix

2 comments:

Cristina Bernardes said...

sou sincera, acho que já não vale a pena eu comentar... repito-me vezes sem conta. Está fantástico! A expressão dos sentimentos, a beleza da escrita, o fascinio pela palavra!

Obrigado por seres quem és!
Muitos deviam de ser como tu... Beijinhos e até breve.

Anonymous said...

adroro o poema...
estou sempre a dixer k sao lamexas mas sempre k venho ca fico encantada.. fiko kontent por saber k o escreveste a pensar em mim...
bjs adorot doidinho