Wednesday, February 18, 2009

O tempo passa mas as saudades...


Saudade do tempo…
Saudade, sentimento que não mata mas dói
Sentimento que não se perde mas moí
Saudade, sensação amarga e sofrida
Que faz ter saudade da vida vivida
Sensação forte, sentimento puro
Mostrando que o caminho do ser é duro
Vontade de fugir, vontade de sumir
Vontade de o tempo atrás voltar
Para a bons momentos da vida regressar
A máquina do tempo vontade dá de edificar
Para as dificuldade do hoje não enfrentar
Não enfrentar por medo ou cobardia
Para voltar a tempos onde jamais se perdia
Onde se sentia o consolo e a emoção
Da felicidade, do amor e da perfeição
Momento único, momento brilhante
Que fazem do Homem um ser fascinante
Que saudade, saudade, saudade…
João Paulo S. Félix

3 comments:

Jo said...

É verdade João *,)

"A máquina do tempo vontade dá de edificar/Para as dificuldades do hoje não enfrentar/Não enfrentar por medo ou cobardia/Para voltar a tempos onde jamais se perdia/Onde se sentia o consolo e a emoção/Da felicidade, do amor e da perfeição"





Apesar de tudo, gosto do sentimento saudade **')

Kris said...

Compreendo perfeitamente o que sentes. A Vida obriga-nos a amadurecer, a enfrentar novos desafios, por vezes a seguir por onde não queremos ou não do modo que gostaríamos. Mas é mesmo assim. É a juventude a e a adultez que começam a combater entre si. É a maturidade que se apressa em chegar. Deixa a Vida levar-te para onde ela quiser. Não tens para onde fugir. Mas tens sempre onde te apoiares. Na família. Nos amigos. E sobretudo em ti próprio. Força!

Anonymous said...

a saudade faz parte da vida é como tudo mas isso é bom pelo menos significa que estamos vivos continua a ter saudade bjo