Wednesday, December 3, 2008

Para que se adquira um conhecimento...


Já sei…


Já sei que a vida é um sopro como os demais
Por isso é preciso sabê-la viver com contornos divinais
Porque o que ontem surgiu
Já não volta e “fugiu”
“Fugiu” e partiu
O que há a fazer?
O que há para dizer?
É muito simples e fundamental
Viver o hoje como se não houvesse amanhã
De uma forma magistral
Vindo algo do nosso interior
Para nos indicar o rumo da felicidade maior
Acompanhado pelo amor e confiança
Para mantermos a esperança
Numa fascinante e mágica decisão
Que nos vem do coração conjugada com a paixão
Porque já sei que… é preciso viver usando a razão.

João Paulo S. Félix

8 comments:

Jo said...

A vida é um sopro como os demais, é preciso saber vivê-la com contornos divinais, viver o hoje como se não houvesse amanhã, é preciso viver usando a razão....


A pensar na vida hein? *,) Como é que consegues transmitir tão bem aquilo em que estás a pensar? ensinas-me? *,P


lolol Gosto muito do poema *,D


Beijinho*

Anonymous said...

muito bem joão é bom realmente aprenderes a viver usando sempre a razão para nunca apanhares desilusões bom adorei mesmo vêr que estas a pensar no bom caminho bjo

simpsonzinha3 said...

É uma brisa suave esta que nos envolve. Levados pela razão quiçá pelo coração, não se sabe pelo que somos levados. Tudo depende da pessoa, tudo depende da situação. Mas a razão a cima de tudo é o pincel para que possamos molhar a tinta, desenhar e acima de tudo para criarmos uma bela obra de arte...

Cristina Bernardes said...

tenho andado muito ocupada, mas não me esqueço de visitar o teu blogue... Continua com os teus lindos poemas.

Ana Rita M. said...

João...

Cada vez melhor. :)

Beijo*

Cristina Bernardes said...

o CIC sentiu a tua falta hoje na eucaristia e da tua família.

Anonymous said...

Meu querido amigo:
Fico sempre fascinado com o que pensam e sentem as pessoas. Cada vez mais sinto que os jovens não pensam os então não conseguem comunicar...é tão dificil..!
Estou errado. Tu és jovens e adoro o que escreves e sentes. Continua.
Um abraço do teu amigo
João Paulo Simões

Anonymous said...

João, às vezes demoramos para dar o valor real a cada momento em nossa....e para dar valor À VIDA MESMO!!!
Encontramos obstáculos que nos fazem repensar: afinal o q estamos buscando???
Beijão Gisele (Brasil)